27/07/2017

Clube do Autor | "A Mulher do Camarote 10" de Ruth Ware

No passado dia 5 de Julho, a Clube do Autor lançou A Mulher do Camarote 10, um thriller pleno de suspense e reviravoltas, à boa maneira da talentosa escritora britânica.

Ruth Ware é a mesma autora de Numa Floresta Muito Escura e este segundo livro está a ter um enorme sucesso em Portugal que a primeira edição está praticamente esgotada.

Sinopse: Tudo começa com um convite inesperado para uma viagem de sonho. Lo Blacklock, jornalista, recebe um convite irrecusável: acompanhar a primeira viagem do cruzeiro de luxo Aurora Borealis. O serviço é exclusivo e a bordo estão vários empresários e pessoas influentes da sociedade. No entanto, a viagem ganha outros contornos para jornalista. Certa noite, testemunha aquilo que acredita ser um crime no camarote ao lado do seu.
Desesperada, denuncia o ocorrido aos responsável pela embarcação. Ninguém acredita na sua versão pois todos os passageiros continuam no navio. Blacklock decide investigar o crime por conta própria. Colocando a carreira e a própria vida em risco, ela não vai descansar enquanto não encontrar resposta para o mistério do camarote 10.

“Não aconteceu nada. Estamos todos seguros. Para de procurar.”


A Autora:
Ruth Ware nasceu em 1977 em Lewes, em Inglaterra. Após concluir a licenciatura na Universidade de Manchester, viveu algum tempo em Paris, antes de se fixar no norte de Londres. Casada e com dois filhos pequenos, trabalhou como empregada de mesa, vendedora de livros, professora de inglês como língua estrangeira e assessora de imprensa.
Numa Floresta Muito Escura, o seu romance de estreia, rapidamente conquistou os leitores e a crítica internacional, sendo um dos mais populares de 2015. Os direitos foram vendidos para 31 países e a atriz Reese Witherspoon vai produzir a adaptação ao grande ecrã. www.ruthware.com

Um livro:

25/07/2017

TAG 50% | Balanço 2017

O primeiro semestre de 2017 já acabou e vejo-vos mostrar o meu balanço das leituras deste período. Até ao final de junho li 51 livros, no geral é um excelente número porque o meu objetivo é terminar o ano a ler 100 livros e pelo menos já li metade, mas claro que comparado aos anos anteriores este é um número muito baixo, mas como já disse aqui no blogue, isto de faculdade e de trabalhar não ajuda em nada as minhas leituras, não tenho tempo para tudo =(

Mas vamos lá à  TAG:

1. O melhor livro que você leu até agora.
É um livro bastante complicado de se ler, mas é maravilhoso e sem dúvida o melhor que li no primeiro semestre.

2. A melhor continuação que você leu até agora.
Não à nada a dizer sobre este livro, só que é perfeito!!

3. Algum lançamento do primeiro semestre que você ainda não leu, mas quer muito.
Já o tenho cá em casa e mal posso esperar para pegar nele *.*

4. O livro mais aguardado do segundo semestre.
A Planeta já anunciou que vai publicar este livro no próximo semestre e eu estou super ansiosa *.*

5. O livro que mais te dececionou esse ano.
Sinceramente eu esperava muito mais, mas mesmo muito mais =(

6. O livro que mais te surpreendeu esse ano.
Surpreendeu-me porque eu não dava nada por ele, depois da outra série da autora eu pensei que não fosse gostar, mas a verdade é que após o ler ficou um dos favoritos!

7. Novo autor favorito (que lançou seu primeiro livro nesse semestre, ou que você conheceu recentemente).
Eu li o primeiro livro de Valerie Bowman no primeiro semestre e fiquei completamente apaixonada, eu preciso de ler todos os livros desta mulher!

8. A sua quedinha por personagem fictício mais recente.
Para dizer a verdade ainda não houve este ano nenhum personagem que me cativou ao ponto de ter uma "quedinha", mas aquele que me fez suspirar um pouco mais foi o Ryle da primeira parte de Isto Acaba Aqui, já o Ryle da segunda parte é outra conversa completamente diferente, mas no início, tal como a protagonista, eu estava completamente rendida a ele, o que fez com que o final deste livro fosse bastante complicado para mim e ainda não consegui escrever a opinião dele.

9. Seu personagem favorito mais recente.
Sem dúvida a Amanda!

10. Um livro que te fez chorar nesse primeiro semestre.
O livro em si não é muito triste, mas o final para mim foi bastante complicado e chorei horrores.

11. Um livro que te deixou feliz nesse primeiro semestre.
Cheguei ao final com um enorme sorriso, um livro simplesmente perfeito!

12. Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu até agora, em 2016.
Sem dúvida 13 Reasons Why, a série está tão boa *.* 

13. Sua resenha (opinião/crítica) favorita desse primeiro semestre (escrita ou em vídeo).
A opinião deste livro é a minha favorita, porque eu escrevi tudo, até acho que foi demais, mas eu precisa de dizer aquilo e por isso foi a que mais gostei de escrever, podem ler a opinião aqui.

14. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou esse ano.
Comprei este livro e é simplesmente perfeito!

15. Quais livros você precisa ou quer muito ler até o final do ano?
Todos da minha lista de objetivos, que podem ver aqui, que até agora só li 1 livro =(

E este foi o meu balanço do primeiro semestre de 2017, mas se quiserem podem ver todas as minhas leituras aqui. Se também fizeram esta TAG deixem o link para o post ou vídeo que terei todo o gosto em ver e comentar!

24/07/2017

Opinião | "O Espadachim" de Katharine Ashe

Título: O Espadachim
Autor: Katharine Ashe
ISBN: 9789898869173
Edição ou reimpressão: 07-2017
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 148 x 231 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 352

Sinopse: Saint Sterling é o melhor espadachim da Grã-Bretanha, amplamente respeitado pela alta sociedade. Contudo, esse respeito não foi suficiente para que pudesse ficar com a única mulher por quem se deixou enfeitiçar: Lady Constance Read. Seis anos depois do primeiro encontro fogoso, Saint e Constance voltam a cruzar-se, e não pelas melhores razões. Assustado com a morte e o desaparecimento de várias jovens em Edimburgo, o duque de Read, o influente pai de Constance, requisita os serviços de Saint: ele terá de ensinar Constance a defender-se. Mas existe uma ameaça: se recusar a missão, o duque tudo fará para que a reputação do espadachim fique manchada.
Sem alternativa, Saint aceita, e descobre que ainda deseja Lady Constance... ardentemente. Na intimidade das lições de esgrima, com o calor dos corpos e a sensualidade a fervilhar, os dois voltam a cair nos braços um do outro. Quebrando as suas próprias regras, Saint arrisca-se a perder tudo para proteger a mulher que ama de um assassino que procura a próxima vítima.

OPINIÃO:
Eu adoro romances históricos e assim que este livro foi divulgado eu sabia que precisava de ler. A capa é lindíssima, a Topseller está a fazer capas cada vez mais bonitas e esta está maravilhosa. A autora é uma novidade para mim, nunca tinha lido nada de Katharine Ashe e foi algo diferente e interessante que cativou-me, também houve um ou outro pormenor que não gostei tanto, mas no geral foi uma leitura boa, com bastante romance e ação pelo meio.

A premissa inicial do livro é bastante simples, Lady Constance Read conhece Saint Sterling, considerado o melhor espadachim, e têm uma atração bastante forte, mas ele não tem título e ela sabe que não pode ficar com ele. Mas seis anos depois, o pai de Constance contrata Saint para ajuda-la a defender-se, devido uns desaparecimentos de jovens na zona. O livro poderia sim ser apenas a história do romance dos dois, mas a autora não ficou por aí e colocou na história um mistério e drama que vai influenciar os protagonistas.

O que eu mais gostei deste romance foram as personagens. A Constance é uma jovem que já sofreu imenso, mas mesmo assim faz de tudo para conseguir aquilo que acredita que é o melhor, ela quer à força toda encontrar o responsável pelo desaparecimento das jovens, ela acredita que tem a responsabilidade de descobrir o responsável e não vai dar ouvidos a ninguém e vai fazer tudo para o conseguir. O passado de Constance influencia bastante as suas atitudes, mesmo ela não querendo admitir, é por isso que ela não desiste, ela tem este lado lutador e invencível devido a tudo o que passou, mas a verdade é que ela precisa de alguém que a veja o seu lado mais sensível.

O Saint é um homem que não teve uma infância fácil, mas fez de tudo para conseguir alcançar o sucesso. Saint foi rejeitado pela única mulher que pensou sentir algo e agora que está novamente frente a frentes todos os sentimentos do passado voltaram, mas ele não quer o seu coração ferido novamente e faz de tudo para afastar Constance e faz isso com bastante inteligência que surpreendeu-me imenso, esperava uma atitude completamente diferente e ele mostrou-se completamente à altura da Constante.

O principal deste livro é sem dúvida os protagonistas, a autora soube construir duas personagens bastante cativantes que juntas fazem o casal perfeito. O romance não é fácil, afinal de contas eles são de mundos diferentes, mas isso só tornou tudo mais interessante. Quando estavam juntos tudo era um mistério, mas foram sempre momentos memoráveis e divertidos que faziam-me querer cada vez mais. Eles faziam e diziam tudo para ficarem longe um do outro, mas acabavam sempre nos braços um do outro e era tão bonito, pois eles tinham um enorme cumplicidade, mas infelizmente o orgulho era maior.

Nesta história a autora criou um mistério que devido ao lado secreto era bastante interessante, admito que a meio da história fiquei um pouco cansada, mas o final resolveu tudo de uma forma simples e por isso até gostei. Gostava mais que a autora tivesse abordado o passado da Constance em vez deste mistério, mas no geral foi original e no final todo o enredo é bastante envolvente, o que serve para aqueles leitores que gostam de um romance com mais ação.

Ao longo da história eu tive dificuldades em entender alguns pormenores, mas ao pesquisar sobre os livros da autora percebi que existe outras séries do mesmo mundo, onde as personagens deste livro aparecem e algumas situações são explicadas corretamente, como por exemplo O Clube do Falcão. Este livro é o primeiro da série Devil´s Duke, mas também é o quarto volume da série Falcon Club, por isso eu ter tido algumas dúvidas. Mas consegue-se perfeitamente ler este livro sem ler os outros (afinal de contas também ele é o primeiro de uma série) e só depois de o ler e pesquisar sobre isto é que entendi que uma das minhas grandes dúvidas (que é sobre O Clube dos Falcões) foi desenvolvida na outra série da autora. A Topseller decidiu começar logo por esta série, mas pode ser que ainda nos traga a Falcon Club para tudo se encaixar.

O Espadachim é um romance bastante intenso, recheado de intrigas, mistério e ação que cativou-me imenso, além de que a história passa-se na Escócia, que eu adorava conhecer, por isso gostei sim da história. O único aspeto que não gostei tanto foi o facto da autora ter colocado tanta drama e dois clubes secretos na mesma história, o que confundiu-me um pouco, mas isso deve-se a eu não ter lido a outra série da autora e não foi o suficiente para eu não gostar, então sim, eu estou ansiosa para ler mais da autora e para entender melhor este mundo.

Leitura com o apoio:

20/07/2017

Novidades | Topseller

A TOPSELLER lança já no próximo dia 24 cinco novidades bem interessantes e de gêneros bem diferentes, estão interessados em algum?

Título: Uma Perfeita Estranha
Autor: Megan Miranda

Sinopse: Leah precisa de fugir
Leah levou demasiado longe o seu trabalho como jornalista ao publicar um artigo em que acusou um professor universitário de fornecer drogas aos alunos. Pensou que a verdade seria suficiente para resolver tudo. Estava enganada.
Emmy tem a solução
Graças à amiga Emmy, Leah consegue escapar ao escândalo, refugiando-se com ela numa pequena vila na Pensilvânia, longe de tudo, onde arranja um trabalho como professora. Infelizmente para Leah, ninguém é quem parece ser.
Mas o passado não pode ficar enterrado
Uma mulher incrivelmente parecida com Leah aparece morta nas margens do lago da vila. Uma carrinha é encontrada no fundo do lago. Emmy desaparece, sem deixar qualquer rasto, deixando a polícia a suspeitar que nunca terá existido, sequer. O que está, afinal, a acontecer?

«Um thriller irresistível, fascinante e de leitura imparável.» Publishers Weekly

Título: 11 Escândalos para Prender o Coração de Um Duque
Autor: Sarah MacLean

Sinopse: Simon Pearson, duque de Leighton, foi educado para viver segundo rígidas convenções sociais, e preza muito a reputação e as boas maneiras. Sempre acreditou que não precisava de amar, mas apenas de casar como mandam as regras. Noivo de Lady Penelope, planeia ter um casamento perfeito, tal como a sociedade exige. E nada, nem ninguém, poderá pôr em causa as suas certezas e o seu plano.
Juliana Fiori é diferente de todas as outras jovens da sociedade londrina. Apaixonada, bonita, independente e sem medo do que pensem dela, é o tema principal de todas as conversas e mexericos. Quando um feliz acaso a aproxima de Simon, Juliana apaixona-se perdidamente e sente que eles nasceram para ficar juntos. Agora só precisa de convencer o duque de que os opostos se atraem e de o ensinar a amar pela primeira vez.

«Tudo o que espera da superestrela Sarah MacLean pode, uma vez mais, encontrar neste seu novo livro: do enredo inteligente à empatia entre heroína e herói, dos credíveis personagens aos deliciosos momentos de romance, humor e sensualidade.» Booklist

Título: O Boss
Autor: Vi Keeland

Sinopse: Quando o teu patrão é convencido, mas sedutor, arrogante, mas sensual, irritante, mas irresistível, o resultado só pode ser um? ... horas extra... ordinárias.
Estás no primeiro encontro com um homem para lá de aborrecido. O que é que fazes? Finges ir à casa de banho, ligas à tua amiga e pedes-lhe que te ligue de volta, fingindo uma emergência que te tire dali, certo? Foi o que fiz. Até porque era mesmo uma emergência?
Mas um desconhecido ouviu a conversa, chamou-me pretensiosa e teve o atrevimento de me dar conselhos! Respondi-lhe que se metesse na sua vida ? na sua vida de homem alto, musculado, lindo de morrer e irritantemente convencido ? e voltei para a minha mesa deprimente.
De onde estava, não pude deixar de olhar para ele, acompanhado por uma loira bombástica. Típico! Quando me apanhou a olhar, piscou-me o olho, levantou-se com a sua bimba e dirigiu-se à minha mesa. Pensei que fosse denunciar-me, mas, em vez disso, fingiu que nos conhecíamos, juntou-se a nós, e partilhou histórias mirabolantes sobre um passado fictício entre nós... Tenho de confessar que o meu encontro passou de chato a estranhamente excitante.
Quando a noite acabou, não parei de pensar nele, mesmo sabendo que nunca mais o veria. Afinal, quais seriam as probabilidades de voltar a encontrá-lo numa cidade com oito milhões de pessoas? Quais seriam as probabilidades de, um mês depois, ele vir a ser o meu novo Boss?

Título: Guarda-me para Sempre
Autor: Brigid Kemmerer

Sinopse: Duas vidas que se cruzam por acaso. Um grande amor que nasce nas entrelinhas.
Juliet ainda não conseguiu aceitar a morte da mãe. Quatro meses depois, continua a escrever-lhe cartas, deixando-as junto à campa, numa tentativa desesperada de manter a mãe viva e bem perto de si.
Declan é o tipo de rapaz que todos temem. Depois de se meter novamente em sarilhos, é obrigado a prestar serviço comunitário no cemitério local. Além da sua má reputação, ele enfrenta também os demónios do passado. Quando Declan lê uma das cartas que Juliet deixou no cemitério, decide também ele escrever-lhe. Nasce assim uma relação magnética e inexplicável. As palavras que trocam por carta, dia após dia, são libertadoras e reconfortantes, e o amor vai nascendo nas entrelinhas do acaso.
Até ao dia em que a vida real ameaça quebrar todo o encanto. Juliet e Declan estão prestes a descobrir coincidências terríveis que os mudarão para sempre.
Muito mais do que uma história de amor!
Uma viagem apaixonada pela magia dos acasos, que nos mostra que o destino pode ser, simultaneamente, cruel e fantástico.

Título: O Prédio das Mulheres Que Desistiram dos Homens
Autor: Karine Lambert

Sinopse: Num prédio só de mulheres, os homens não entram!
Os homens são personagens principais e estão omnipresentes em cada casa? Presentes nas memórias, nas feridas, na raiva e no desejo das mulheres que aqui habitam. 
Elas encontram-se unidas por um único aspeto: nunca mais querem voltar a apaixonar-se. 
Tudo parece claro e bem definido, até que uma nova inquilina vem colocar tudo em causa. 
Apesar de seduzida pela cumplicidade, pela coragem e pela garra das suas amigas, Juliette não desistiu dos homens nem do amor. 
Conseguirá a jovialidade e vontade de viver dela mudar as certezas inabaláveis das suas companheiras?
Um romance irónico que nos faz pensar sobre a dificuldade de amar, de confiar no outro, de acreditar no futuro.

Novidades: