20/02/2017

Opinião | "10 Segredos para Ser Seduzida por um Lorde" de Sarah MacLean

Título: 10 Segredos para Ser Seduzida por um Lorde
Autor: Sarah MacLean
ISBN: 9789898855275
Edição ou reimpressão: 02-2017
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 148 x 228 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 352

Sinopse: O fascinante Nicholas St. John tem sido objeto de assédio de todas as jovens em idade de casar, desde que foi nomeado por uma revista O Lorde Mais Cobiçado de Londres. E por isso procura fugir, sempre que possível, dos eventos sociais onde é cortejado e perseguido. Até que, inesperadamente, encontra uma mulher diferente de todas as outras: misteriosa, independente, decidida, mas ao mesmo tempo sensual.
Lady Isabel Townsend, irmã do atual Conde de Reddich, é uma mulher atraente, com muitos segredos e pouco dinheiro. Embora Isabel tenha sempre cuidado de si própria, a morte recente do seu pai deixou-a perdida e a precisar urgentemente de ajuda. Lorde Nicholas é o alvo perfeito para o golpe da sua vida, ela só tem de seguir os dez segredos que lhe garantam este homem desejável.
Mas Isabel precisa de ser cautelosa e não fazer nada imprudente e tolo… como entregar-se ao amor.

Opinião:
Eu estava super ansiosa para ler este livro, o personagem principal cativou-me imenso no livro anterior e eu percebi logo que a história dele seria fantástica. Tenho que admitir que até gostei mais do Nicholas do que do Gabriel, achei a sua história mais intensa e profunda, o que fez com que eu tenha me apaixonado perdidamente e aproveitado cada momento deste maravilhoso romance.

Nicholas tem um passado que poucos conhecem e é devido a ele e às suas capacidades que um amigo seu pede-lhe ajuda para encontrar a irmã desaparecida. Nicholas parte à busca desta jovem e é nesta jornada que se encontra com Isabel Townsend, uma jovem cheia de segredos que vai impressionar o lorde. Devido a todos os problemas do seu pai, Isabel mesmo sendo filha de um Conde, ela tem responsabilidades que outras raparigas da sua posição não têm, ela não tem mais ninguém e se não for ela a tratar de tudo, mais ninguém o faz. A relação destes dois no início não é fácil, mas rapidamente algo mais forte surge entre eles, ela é forte e destemida, ele quer protegê-la de tudo e de todos e claro que muitas faíscas surgem entre eles.

Mais uma vez a autora conquistou-me completamente. A personagem feminina é forte, destemida e não tem medo de trabalhar para ter o que precisa. Ela não teve um passado fácil, mas não quer o mesmo para o seu irmão e por isso faz de tudo por ele. Isabel nunca pensou casar, ela nunca quis um viver da mesma forma que os seus pais e por isso fez de tudo para ser o mais independente possível e ser capaz de se sustentar. Admirei imenso esta sua independência e principalmente a sua força, ser assim nesta época não era nada fácil, mas verdade seja dita que por vezes ela irritou-me porque em vez de ver a verdade que estava mesmo à frente dos seus olhos, ela pensava de mais nas consequências em vez de aproveitar e aceitar.

Já o Nicholas é uma personagem fabulosa, já no primeiro livro eu fiquei bastante curiosa sobre ele, achei-o bastante misterioso e interessante e neste livro temos a oportunidade de conhecer a verdade sobre o seu passado e todas as aventuras que ele viveu durante anos. Por detrás da sua imagem, ele é bastante amável e atencioso e o seu único defeito é quando se apaixona ele não pensa nas consequência e isso já causou-lhe grandes problemas no passado que fez com que pensasse que nunca mais iria apaixonar-se. E é simplesmente lindo a relação destes dois personagens, eu adorei porque ele é carinhoso, mas também bastante possessivo, o que faz com que ele queira o melhor para a Isabel.

Ao longo do livro também temos outras personagens que eu adorei, o irmão da Isabel é uma criança tão fofinha e alegre que me fazia sorrir todas as vezes que ele era mencionado. Outra personagem que adorei é o amigo do Nicholas que o acompanhou em todas as viagens, ele é um homem que sofre preconceito, mas nem isso o impede de ser feliz, a sua atitude era tão bonita e inspirado que fiquei com bastante curiosidade para saber mais sobre ele, e este é outro ponto que adorei na autora, ela trouxe um tema bastante diferente que não estou habituada a ler neste tipo de livros, o preconceito racial nesta altura era infelizmente bastante forte e a autora mostra exatamente isso de uma forma esplêndida.

A história é romântica, tem um toque de humor fantástico, retrata temas interessantes e inovadores em histórias deste género, fora que a escrita de Sarah Maclean é bastante fluída e nada cansativa, pelo contrário, o que faz com que seja um livro cativante e que prende do início ao fim. Maclean é uma das minhas autoras de eleição do género romance histórico, ela escreve e envolve-nos no ambiente e no tempo de uma forma que poucos outros autores conseguem, o que faz com que seja maravilhoso ler as suas histórias e claro, apaixonarmos pelas suas criações.

Opinião do livro anterior:

Leitura com o apoio:

19/02/2017

Novidades | Topseller

A Topseller está com novidades maravilhosas, já está disponível o terceiro volume da série sobre a vila Spindle Cove da fabulosa Tessa Dare, também já está disponível mais um romance da autora Monica Murphy. Para os fãs de M. J. Arlidge este é o mês que podem ler mais um thriller que vão adorar. Mas a editora não fica por aqui e também lançou mais um livro de Rowan Coleman e também um romance que retrata temas difíceis de Julie Buxbaum. Qual é o que mais vos interessa?

Sinopse: Spindle Cove é uma pacata vila onde jovens senhoras convivem e procuram manter a sua reputação intacta.
Após anos a levar uma vida solitária, a órfã Kate Taylor encontrou acolhimento e amizade em Spindle Cove, onde dá lições de música e frequenta a classe mais privilegiada da vila. Mas Kate anseia por algo mais, por conhecer o verdadeiro amor.
Até que revelações inesperadas ameaçam mudar o destino de uma donzela muito querida para todos.
Frio como o gelo, porém incrivelmente bonito, o cabo Thorne é o exemplo perfeito do tipo de homem que Kate deveria evitar. Mas o destino parece não concordar com ela. Entretanto, um grupo de misteriosos desconhecidos chega a Spindle Cove para revelar a Kate as suas verdadeiras origens. É então que, para surpresa geral, Thorne se apresenta como seu noivo.
A não ser que o anoitecer se encarregue de alterar o rumo dos seus passos.
Ele afirma que nada sente, além do dever de a proteger. Mas Kate está longe de acreditar nisso? E para Thorne conseguir convencê-la terá que manter as mãos longe do seu corpo tentador e escudar o coração daquele sorriso deslumbrante. Conseguirá este guerreiro vencer a sua derradeira batalha? Ou render-se-á ao desafio de amar pela primeira vez?

Sinopse: Qual é a grande obsessão de Lily Fowler? Cresci com as acusações de ser a mais irresponsável de todas as irmãs, de ser uma tresloucada que garante capas de revistas escabrosas e envergonha toda a família, de ser aquela mulher fogosa e sensual com que nenhum homem quer casar.
A verdade é que me limito a viver cada dia como se fosse o último, procurando respeitar o nome Fowler, mas não deixando de aproveitar a vida. Sou jovem, bonita, poderosa, tenho todo o direito a ser feliz. Se me falta encontrar o amor que as minhas irmãs Violet e Rose encontraram? Talvez, mas não o procuro.
E, certamente, não esperava que a minha viagem ao Havai mudasse tudo. Max Coleman não é apenas um deus do sexo, como nunca conheci antes, ele é um homem-mistério. É a maior obsessão que já tive, com ele perco o controlo.
O amor não respeita regras e mesmo a mulher mais independente pode ser descontroladamente submissa quando apaixonada.

Sinopse: UMA CELA FECHADA. UM CORPO ESCRUPULOSAMENTE MUTILADO. JAZ NO SEU INTERIOR?
Helen Grace, até aqui considerada a melhor detetive do país, é acusada de homicídio e aguarda julgamento na prisão de Holloway. Odiada pelas restantes prisioneiras e maltratada pelos guardas, Helen tem de enfrentar sozinha este pesadelo. Tudo o que deseja é conseguir provar a sua inocência. Mas, quando um corpo aparece diligentemente mutilado numa cela fechada, essa revela ser, afinal, a menor das suas preocupações.
Os macabros crimes sucedem-se em Holloway e o perigo espreita em cada cela ou corredor sombrio. Helen não pode fugir nem esconder-se por atrás do distintivo. Precisa agora de ser rápida a encontrar o implacável serial killer? se não quiser tornar-se a sua próxima vítima.

Sinopse: Quando a memória já não consegue guardar o amor? o que nos resta?
Um marido encantador, duas filhas lindas, um trabalho de que gosta - Claire Armstrong parece ter tudo, até que lhe é diagnosticada a doença de Alzheimer. Todos os que a rodeiam têm de aprender a lidar com uma nova Claire, enquanto tentam habituar-se ao desaparecimento da mulher que amam.
Através de um livro de memórias, que vão construindo em família, recolhem as peças de uma vida que não estão preparados para deixar desaparecer. Até que a relação que surge de um encontro casual com um homem misterioso leva Claire a interrogar-se sobre o futuro do seu casamento e da sua família.
Com Claire incapaz de fazer o seu casamento resultar, de tomar conta das filhas, ou sequer de garantir a sua própria segurança, os desafios são imensos. Será que a família vai resistir às notícias que a filha mais velha tem para contar e à intromissão do misterioso homem na vida familiar?

Sinopse: E se a pessoa de que mais precisas for alguém que não conheces?
Passaram apenas dois anos desde a morte da sua mãe e o seu pai volta a casar-se com uma mulher que conheceu online. Jessie é então forçada a mudar-se para a outra ponta do país, para morar com a madrasta e o seu pretensioso filho adolescente, aparentemente passado da cabeça.
Para Jessie tudo parece errado: sente-se uma estranha naquela casa enorme e fria, tem saudades da sua melhor (e única) amiga. A escola é uma selva autêntica, onde é vítima de bullying. Mas é então que recebe um e-mail de alguém que não conhece, nem se quer deixar conhecer, disponibilizandolhe apenas a sua «amizade virtual».
O que Jessie não espera é que será este e-mail a mudar a sua vida para sempre.
Esta é uma história memorável, que não deixa ninguém indiferente. Um misto de comédia e tragédia, amor e perda, dor e alegria.

Novidades:

15/02/2017

Opinião | "9 Regras a Quebrar para o Conquistar" de Sarah MacLean

Título: 9 Regras a Quebrar para o Conquistar
Autor: Sarah MacLean
ISBN: 9789898849373
Edição ou reimpressão: 10-2016
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 228 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 368

Sinopse: Lady Calpurnia Hartwell sempre cumpriu as regras. Agora está decidida a ignorá-las para poder desfrutar plenamente da vida. Se a sociedade desconfiasse que a condessa Callie Hartwell, a bem-comportada herdeira do condado de Allendale, alberga em si desejos e pensamentos impróprios, que envolvem momentos escaldantes, locais e eventos exclusivos a homens, seria abalada por uma polémica sem igual.
A verdade é que Lady Callie descobriu finalmente o amor que sempre leu nos livros e encontrou o seu Mr. Darcy. Mas, para conquistar o coração do maior libertino de Londres, ela tem de ser capaz de tudo. E de viver o que nenhuma mulher viveu antes… Ela terá de mudar a sua vida com a ajuda de 9 regras:
1. Beijar alguém - apaixonadamente; 2. Fumar charuto e beber uísque; 3. Montar a cavalo como os homens; 4. Praticar esgrima; 5. Presenciar um duelo; 6. Disparar uma pistola; 7. Jogar às cartas (num clube de cavalheiros); 8. Dançar todas as danças num baile; 9. Ser considerada bonita. Uma vez.

Opinião:
Sarah Maclean está a tornar-se aquela autora que eu sei que vou querer ler tudo o que publica, mas mais do que isso, eu sei que vou simplesmente amar tudo o que ler. Eu amo esta autora, ela escreve maravilhosamente bem e as suas ideias são uma melhor que a outra. Ao contrário dos outros livros já publicados em Portugal, este é o primeiro de uma nova série e a premissa é tão boa que eu sabia que iria ser leitura obrigatória.

Neste livro conhecemos a Lady Calpurnia Hartwell, mais conhecida como Callie está apaixonada à anos por um homem ela acha que nunca irá olhar para ela da mesma maneira e com 28 anos está farta de receber propostas de casamento apenas por caçadores de fortunas e depois de perceber que apenas tem feito o que a sociedade manda, decide aproveitar mais a sua vida. Assim elabora uma lista com nove atividades que são proibidas para uma jovem, ou por ser ações de homens, ou por se for descoberta pode arruinar-lhe a reputação. Callie quer realizar todos os pontos da sua lista e quem melhor para a primeira tarefa que o homem com a reputação de um "notório libertino" que é nada mais que a sua paixão de anos, Gabriel St. John, nada mais que o Marquês de Ralston.

Eu adorei este romance, mais uma vez a autora está de parabéns, consegue desenvolver uma história fantástica que ao mesmo tempo era romântica, mas também tem um ar de comédia bastante marcante e ainda com personagens (seja os femininos e os masculinos) ainda melhores, não sei como a autora consegue, mas eu identifico-me tanto com estes personagens que até parece impossível, eu envolvo-me tanto na história que é impossível largar o livro. Sarah Maclean tem este dom, a sua escrita é cativante, bonita e bastante inspiradora, que faz com que eu queira "pertencer" àquele mundo e principalmente sinta tudo o que as personagens estão a viver de uma forma tão forte e marcante que é magnífico ler capítulo a capítulo e descobrindo o que a autora nos reservou.

Como disse, as personagens são fabulosas, a Callie é uma mulher que está farta de seguir as regras impostas pela sociedade e pela primeira vez na sua vida ela quer arriscar, ela quer viver mais e principalmente fazer ações que nunca tinha feito por serem exclusivamente dos homens. Este é também um dos aspetos que mais gostei do livro, a autora mostra perfeitamente as diferenças existentes entre os homens e as mulheres desta época e a nossa personagem feminina também quer ter alguns destes privilégios e por isso vai atrás, afinal ela própria também não concorda com estas diferenças e uma mulher desta época ter estes pensamentos já está bastante à frente. A autora sabe construir uma personagem feminina bastante interessante e a Callie não é exceção, passa de uma jovem reprimida para uma mulher forte que vai fazer de tudo para alcançar os seus objetivos.

Também gostei imenso do Marquês de Ralston, o Gabriel é um homem que não esconde o que realmente é, é um libertino e a autora mostra realmente que ele é, temos até situações dele com outra mulher que é raro ler em romances deste género, mas a autora mostrou que ele realmente é um libertino e não escondeu isso, mas eu adorei-o, porque a partir do momento que ele começa a ter sentimentos pela Callie (e ele tinha, apenas não admitia), ele era bastante sensível, protetor e principalmente mostrou o seu lado romântico que me vez apaixonar completamente por este personagem. Gabriel também tem um passado que o impedia de entregar o seu coração completamente, mas com a Callie era completamente diferente, ela fazia com que ele quisesse entregar-se completamente e por isso não a conseguia deixar.

Com um romance fantástico, recheado de dramas e principalmente uma escrita bastante boa e cativante. É uma história de emoções fortes e reais, uma química forte entre os personagens e com isto bastante atraente que deixa qualquer leitor preso do início ao fim. Sarah Maclean sabe escrever romances históricos de qualidade e este é apenas mais um que está perfeito, sendo emocionante, divertida, com um lado sensual e claro bastante envolvente. Esta é uma autora que eu estou cada vez mais apaixonada pelos seus livros e que a cada um é uma nova surpresa e agora sim posso afirmar que quero, e preciso, de ler tudo o que Sarah Maclean já publicou e irá publicar! 

Opinião de outros livros da autora:

13/02/2017

Novidades | Planeta

Ninfas Paixão Mortal, de Sari Luhtanen e Mikko Oikkinen
Publicado em 2013 na Finlândia, este livro foi adaptado com enorme sucesso a série televisiva – Nymphs –, sendo transmitida em mais de 40 países.
Com uma linguagem envolvente e cativante, Ninfas oferece-nos vários tipos de elementos - paixão, mistério, sexo, luta pela sobrevivência, crise de identidade e duelos entre os grupos de ninfas e sátiros. Uma história emocionante!
Um novo pano de fundo no romance feminino com toque erótico. As ninfas são espíritos femininos jovens, divindades menores na mitologia grega, são alvo da luxúria dos sátiros. Viviam na terra com o Homem e não no Olimpo.
As Ninfas menores eram consideradas espíritos associados à terra e à água. São a personificação da graça criativa e fecundadora.
Vivem entre nós, sempre jovens e sedutoras…
No entanto, perigosas e letais para os homens que caem nas suas mãos. Mas sem eles não sobrevivem.
Didi é uma ninfa, de uma beleza extraordinária, mas nunca se questionou de onde vinha a beleza. Sente-se como qualquer rapariga de dezassete anos. Numa noite de lua cheia, Didi decide fazer amor pela primeira vez e o namorado morre-lhe nos braços, aí percebe que não é como as outras raparigas e não percebe o que originou a tragédia.
No dia seguinte, duas misteriosas mulheres procuram-na e revelam que Didi de facto não é como as outras… ela é uma ninfa.
Enquanto aprende a sobreviver como ninfa fica a saber que o sexo é fundamental para se manter viva, mas o preço a pagar é muito elevado. Há poucas regras na vida das ninfas e são simples, a mais importante é não se apaixonar, mas Didi não quer renunciar ao amor.

O Pai é Top, de Marcos Piangers
Uma homenagem a todos os pais que lutam para cuidar dos seus filhos, para estar presentes na sua vida e ser um exemplo para eles.
Ao ser pai, Marcos Piangers descobriu que o mais importante não é ter uma casa grande, um carro familiar ou o melhor berço do mercado, mas, simplesmente, passar tempo com as filhas e viver o seu desenvolvimento.
Num relato divertido, escrito numa linguagem simples, que faz rir até às lágrimas, e capaz de emocionar também, o comunicador brasileiro conclui que ter filhos sai caro – mas também traz coisas que nenhum dinheiro pode comprar. No fundo, o que importa mesmo é estar com os filhos, não pensando noutra coisa, mas estar lá. De verdade.

O Evangelho de Maria, de Papa Francisco
No coração da espiritualidade do Papa Francisco está o amor por Nossa Senhora, que o sumo-pontífice evoca no livro em quase uma centena de pensamentos e orações.
A jovem escolhida para ser a mãe do filho de Deus; a primeira e mais perfeita discípula de Jesus; a pessoa que melhor o conheceu e amou. Quando abraça o filho na cruz, Maria de Nazaré abraça toda a humanidade. Ela é esperança, graça e coragem. É mãe, irmã e amiga.

Em Busca da Maçã Dourada, de Megan Miller
Uma novela gráfica recomendada para os mais novos, que são fãs e jogadores do mais famoso videojogo.
Phoenix sonha ver o mundo para além das muralhas que rodeiam a sua aldeia. Um dia, arrisca-se a saltar para fora do muro – só um saltinho, para ver a floresta em redor, de que ouviu contar tantas histórias. É uma floresta mágica, mas o passeio proibido de Phoenix liberta um monstro que ataca o seu irmão mais novo, Xander. Ele sobrevive, mas fica transformado num morto-vivo, num zombie!
Agora, Phoenix não tem alternativa, vai ter de vencer inimigos traiçoeiros, quer de noite quer de dia. E também vai ter de vencer os seus próprios medos. Isto, se quiser encontrar a maçã dourada encantada, que é a única esperança de fazer o seu irmão regressar ao normal.

Novidades: