08/09/2017

Opinião | "11 Escândalos para Prender o Coração de Um Duque" de Sarah MacLean

Título: 11 Escândalos para Prender o Coração de Um Duque
Autor: Sarah MacLean
ISBN: 9789898869234
Edição ou reimpressão: 07-2017
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 228 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 352

Sinopse: Simon Pearson, duque de Leighton, foi educado para viver segundo rígidas convenções sociais, e preza muito a reputação e as boas maneiras. Sempre acreditou que não precisava de amar, mas apenas de casar como mandam as regras. Noivo de Lady Penelope, planeia ter um casamento perfeito, tal como a sociedade exige. E nada, nem ninguém, poderá pôr em causa as suas certezas e o seu plano.
Juliana Fiori é diferente de todas as outras jovens da sociedade londrina. Apaixonada, bonita, independente e sem medo do que pensem dela, é o tema principal de todas as conversas e mexericos. Quando um feliz acaso a aproxima de Simon, Juliana apaixona-se perdidamente e sente que eles nasceram para ficar juntos. Agora só precisa de convencer o duque de que os opostos se atraem e de o ensinar a amar pela primeira vez.

OPINIÃO:
Eu adoro romances históricos e Sarah Maclean é daquelas autora que eu sei que vou querer ler tudo o que publicar, é sem dúvida umas das minhas autoras favoritas deste género e cada novo livro dela eu sei que leio num bastante rápido e que vai-me envolver de tal forma que não o quero largar até o terminar. E foi exatamente isso que aconteceu neste livro. 

Os livros anteriores contam-nos a história dos dois irmãos, mas desde que a irmã apenas por parte da mãe deles apareceu que eu queria conhecer a sua história. Juliana é uma mulher completamente diferente das restantes da sociedade londrina, ela cresceu num outro país onde as regras são outras, ela tinha mais liberdade e mais escolhas e nesta sociedade ela tem que ser "perfeita" aos olhos dos outros ou então não é considerada um bom partido. Mas a verdade é que Juliana não tem muita paciência para as regras de etiqueta, ela não é assim, ela gosta de ser livre, é independente e não tem medo do que os outros dizem dela. Quando conhece Simon Pearson, o duque de Leighton, algo nela muda e vê-se apaixonada por alguém proibido, afinal de contas ele esta noivo de Lady Penelope.


Juliana é aquela típica personagem feminina que está muito à frente do seu tempo e por isso está farta das regras da sociedade, o que mais quer é voltar para o seu país onde lá pode ser quem ela é sem ninguém a criticar. Mas quando um reencontro com o duque de Leighton mostra-lhe que existe algo mais em Londres, ela decide lutar por aquilo que ela quer e eu adorei ver como ela lutou. Simon é aquele personagem típico desta sociedade, devido a algo que aconteceu na sua família, ele preza o bom comportamento e as regras da sociedade e não quer nada a ver comportamentos escandalosos típicos de Juliana. Mas a verdade é que quanto mais ele a vai conhecendo ele percebe o que realmente precisa, o problema é que ele é bastante casmurro para o admitir, chegou a um pouco que fiquei um pouco farta das suas atitudes, afinal as suas desculpas também não eram muito plausíveis. Mas mesmo as suas atitudes não serem as melhores, admito que o Simon cativou-me num certo momento, ele afinal de contas só quer o melhor para a sua família, infelizmente não sabia era exatamente como fazer isso sem magoar os outros, o que foi até interessante, pois mostrou o seu lado mais sensíveis e protetor que gostei imenso.

Ambos os personagens foram interessantes e a sua história bastante emocionante, os dois têm problemas do passado que voltam e têm que conseguir lidar com isso da melhor forma, não é fácil, mas a história destes dois é tão forte, bonita e corajosa que realmente vale a pena dar uma oportunidade. Este é daqueles livros que quase partiu-me o coração, o romance é tão intenso e os personagens são tão cativantes que faz com que o leitor sinta todas as emoções dos protagonistas e sofra com eles, eu amei todos os pormenores desta história.

A primeira série que eu li da autora (The Rules of Scoundrels) foi simplesmente maravilhosa e estava com altas expectativas para esta e os dois primeiros ultrapassaram as minhas expectativas, já este terceiro foi também muito bom, mas infelizmente, em termos de cronologia, esta série acontece antes da outra e por isso temos alguns spoilers que já conhecemos. A topseller não publicou cá em Portugal por ordem e acho que nos livros anteriores não existe algo tão marcante sobre a série seguinte (pelo menos não lembro-me), mas neste livro uma das personagens importantes é a principal do livro Um Marquês Irresistível, por isso acho que a minha experiência não foi 100% boa, mas fora isso só tenho a falar bem desta história e é um romance histórico fantástico. Mas, para aquelas pessoas que nunca leram Sarah Maclean e querem experimentar, comecem por esta série e só depois vão para a outra, acreditem que vão agradecer-me! Realmente este é o único ponto negativo, não é sobre o livro em si, ma sim a ordem em que eu li os livros da autora.

Sarah Maclean voltou a conquistar-me, esta autora sabe escrever e principalmente sabe o que faz, as suas histórias são bastante envolventes, criativas e profundas, recheadas de romance com um pouco de drama e intrigas que eu adoro. Maclean continua a ser uma das minhas autoras favoritas de romance histórico e estou ansiosa para ler mais histórias criadas por autora maravilhosa.

Livros da mesma série:

Outros livros da autora:

Leitura com o apoio:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.