29/05/2017

Opinião | "A Duquesa Inesperada" de Valerie Bowman

Título: A Duquesa Inesperada
Autor: Valerie Bowman
ISBN: 9789898800978
Edição ou reimpressão: 05-2017
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 228 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 304

Sinopse: Uma história deliciosa sobre desencontros, mal-entendidos e paixões escondidas.
Lady Lucy Upton é conhecida pela sua beleza exótica, mas também pela língua afiada que afasta qualquer pretendente. Apesar do mau feitio, ela é a pessoa ideal para ajudar a tímida Cassandra a desencorajar a corte do Duque de Claringdon, que está à procura de esposa.
Com palavras ousadas e desafios impróprios de uma senhora, Lucy torna-se a sombra de Cassandra, falando no lugar dela na altura de repelir o duque. Contudo, o duque é mais obstinado do que elas imaginavam, deixando Lucy surpreendida por encontrar alguém capaz de responder às suas provocações.
O que Lucy não sabe é que o duque não desistirá de Cassandra. Ele é um homem de honra. E a verdade é que, antes de regressar da guerra, o seu amigo Julian, às portas da morte, o fizera prometer que casaria com a jovem. Apesar de não a amar, Cassandra seria a esposa perfeita… se Lucy não metesse constantemente o nariz onde não é chamada!
O pior é que agora o duque não consegue ficar indiferente à atrevida mulher! Como cão e gato, os dois iniciam uma perigosa batalha de temperamentos.
Mas a lei da atração dita que um deles terá de ceder…

OPINIÃO:
Assim que a editora divulgou esta belíssima capa eu sabia que precisava de ler esta história, afinal de contas é romance histórico só isso bastou para eu ficar ansiosa. Assim que chegou eu peguei logo nele e em poucas horas terminei este fabuloso livro que eu já ia com altas expectativas e mesmo assim conseguiu supera-las! Este foi o primeiro livro que li da autora e fiquei completamente rendida.

A Duquesa Inesperada conta-nos a história  da Lucy, uma jovem lindíssima, mas bastante direta que diz sempre o que tem a dizer, afastando assim todos os seus pretendentes. Já a sua amiga Cassandra é precisamente o contrário, Cassandra faz sempre o que é correto, é bastante tímida e por isso tem dificuldade em dizer o que pensa. Quando o Duque de Claringdon começa a fazer a corte a Cassandra e ela não está interessada e é Lucy que a vai ajuda a afastar o duque.

Este é daqueles romances que eu já sei que vou gostar, estes romances cativam-me imenso porque ser mulher na época em que se passa a história era bastante complicado, mas por outro lado eu adoro os bailes e todas as etiquetas parvas da sociedade, que a maioria são absurdas mas era o que dava o toque especial a esta época. Mas o que me cativa mais neste romances é que sei que vou encontrar algo diferente, sempre temos personagens que se distinguem e neste caso não foi exceção. Neste livro temos a Lucy que diz tudo o que pensa e não tem vergonha nenhuma nisso, mas claro que a maioria dos homens não aceita isso, nesta época a "mulher ideal" era aquela submissa, recatada e calada, que ao meu ver só nota-se o quanto o homem é o sexo mais frágil, pois queria alguém que não o contrariasse, neste romance vemos que quando um homem desta época era posto frente a frente com uma mulher forte e destemida eles simplesmente fugiam porque tinham medo de uma mulher ser superior a eles.

A Lucy é uma personagem que eu adorei imenso, ela está bastante à frente do seu tempo e é bastante decidida, mas também é uma excelente amiga, verdade seja dita que devido a ser como é, ela não tem muitos amigos, mas os que tem ela defende-os e ajuda-os o máximo que pode, mas mesmo ela mostrando ser uma pessoa forte, ela também tem um lado bastante vulnerável devido a não ser muito chegada aos seus pais. Já o Derek alcançou o título de Duque devido a todos as conquistas em batalha, o que mostra o quanto decisivo ele é, também é um homem que honra a sua palavra e isso é bom, mas também é mau porque ele passa o livro inteiro preso à promessa que fez ao melhor amigo que estava prestes a morrer e ele faz de tudo para manter a palavra, o que admito que irritou-me um pouco. Mas mesmo assim eu também gostei desta personagem, ao contrário de outras histórias em que o homem tem o título de nascença, neste ele cresceu sem o título e foi devido ao seu trabalho, esforço e empenho que o alcançou e isso faz uma grande diferença na sua personalidade. Este foi um grande diferencial no romance de Valerie Bowman para outros que já li anteriormente, ela trouxe um protagonista que é o que é hoje devido ao seu trabalho e não apenas porque já cresceu assim.

Outro aspeto que eu adorei, é a amizade entre as três amigas, todas são diferentes, a Lucy não tem vergonha em dizer o que pensa, a Cassandra é a mais recatada e tímida das três e a Lucy é a inteligente que não se deixa rebaixar por nenhum homem. Bowman conseguir transmitir emoção, romance e um pouco de drama que com personagens tão divertidas e originais, fez deste romance uma leitura obrigatória para quem gosta do género. Rendi-me completamente à escrita desta autora e já estou ansiosa para os próximos, neste livro temos algumas dicas de quem serão os próximos casais e eu mal posso esperar para os ler, acredito que vão ser tão bons, ou até melhores!

Uma leitura leve e bastante interessante que vai agradar a quem gosta de romances históricos com personagens fortes e determinadas, um romance bastante intenso com imensas picardias e um pequeno drama que vai prender o leitor desde as primeiras páginas!

Leitura com o apoio:

1 comentário:

  1. Amei !!!

    Estou amando seus artigos, sempre amei visitar seu blog e ler os artigos, sempre tem dicas e informações interessantes...

    Parabéns !!

    Samara Lima

    Colaboradora do http://resultadolotofacil.eco.br/

    ResponderEliminar

Aqui podem deixar todos os comentários e prometo que responderei o mais rápido possível.

Comentários que não são construtivos não serão aceites.